segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Editorial

Edição 10
Dezembro 2010

«O Natal da Esperança: Com o espírito natalino formam-se nuvens de esperança num céu de bondade, em cada coração há um enorme desejo de felicidade e alegria! Lares se iluminam numa magia sem qualquer maldade, Iniludível, apenas o amor engrandece este lindo e peculiar dia... Zelando totalmente pela nossa total paz e harmonia! No íntimo de cada um de nós está o sentimento mais puro, aquele que norteia o significado verdadeiro da comemo-ração, todos sabem que Jesus é o nosso salvador e o porto seguro onde depositamos nossas esperanças, aquarela de todas as emoções num só bondoso coração, liberando em todos nós as bênçãos da confraternização!»

Feliz Natal e Boas Festas!

Click e Leia Online: Visão Vale

segunda-feira, 17 de novembro de 2014



Visão Vale Novembro

Edição 210

Leia ONLINE

Assim como em outubro destacamos à campanha outubro rosa, nesta edição o destaque é a campanha novembro azul, assunto que hoje vem sendo mais divulgado, mas que ainda sofre muito preconceito, muitos homens fogem do exame, colocando a vida em risco pois o quanto antes diagnosticado maiores são as chances de cura. Essa campanha vem reforçar a importância da prevenção para o homem.
Outra campanha que faz parte do calendário de novembro é a vacinação contra Sarampo e Poliomielite, todas essas medi-das salvam vidas.
E por falar em vida não deixe de ler o texto ao lado uma ótima oportunidade para refletir sobre o que é realmente necessário para viver.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Jornal de Junho 2014


Editorial 


 Se ``Torcer é criar laços sociais, com-partilhar momentos, aprender valores como tolerância, amizade e respeito e até superar conflitos familiares´´ podemos dizer que ninguém é contra a Copa do mundo, pois somos Brasileiros Penta Campeões, torcedores fanáticos. É claro que existe muita corrupção, desvio, superfaturamento, mas a culpa é nossa, pois foi pelo nosso voto que elegemos quem seria responsável em administrar nosso país, estados e cidades. Veja o que fizeram com o nosso São José E.C até criaram outro time para a cidade, será que é assim que se ensina valores a uma sociedade? O PAPA FRANCISCO disse: ``Devemos participar da política, é um dever de todo Cristão, pois se as coisas estão como estão é porque muitas vezes lavamos as mãos como Pilatos. A Política é o caminho mais breve para o bem comum e se ela está suja é porque nós cidadãos não participamos como deveríamos.´´ É hora de entrar em Campo, tomar a faixa de capitão de quem nem merece fazer parte deste time! Hoje se diz ``somos um só´´ amanhã cada um por si e DEUS para todos. Está na hora de virar este jogo, vista a camisa, cante o hino e lembre-se de que a Voz do Povo é a Voz de DEUS!


Sentimentos e o futebol


  Um jogo fascinante onde a lógica, às vezes se inverte. O esporte mais popular do mundo serve para refletirmos sobre a vida, emoções e sentimentos. Uma partida de futebol é mais que um simples jogo, são 22 pessoas tentando mostrar que a arte existe, imaginação, sonho e desejo podem se concretizar.
Milhares de pessoas unem se em torno de um time, diferentes ficam iguais. Todos têm a solução para o time, cada um se sente um treinador, pobre treinador. Os jogadores ou são tudo, ou nada, o céu e o inferno encontram-se em uma linha tênue, onde a vitória e a derrota podem ser definidas em um chute, um drible, um descontrole, uma malandragem, ou em um simples apito. A terapia do povo é torcer, xingar a mãe do árbitro é um dos melhores remédios para o estresse.
  Quem quando criança não sonhou em ser jogador, virar um ídolo, entrar em um estádio lotado e fazer o gol do título. Em nosso país esse sonho ainda é mais frequente. O futebol é ainda uma importante forma de inclusão social, onde a vida de muitos pode mudar desde que se tenha qualidade e sorte.
  Um esporte onde jogadores tornam se mitos. Torcedores vão do êxtase a frustração em 90 minutos, tudo isso gira em torno de uma bola e 22 jogadores que decidem a guerra civilizada dos tempos modernos, onde cada jogo é uma batalha, onde a lógica, nem sempre prevalece.
  O futebol é isso, um pouco de tudo, como a vida, onde cada um quer vencer a sua batalha diária, com muita arte, imaginação e sentimento.

Frederico da Luz
http://fredericodaluz.wordpress.com/2013/04/28/sentimentos-e-o-futebol/


RITA ELISA

A Jaqueira

A região de Eugênio de Melo tem lá seus mistérios. Um deles fica à margem da estrada velha Rio-São Paulo. São três grandes jaqueiras, centenárias. Sempre que passava por lá me questionava: “essas arvores, tão belas, tão grandes, devem ilustrar alguma estória”. E, realmente, fiquei a par de que o senhor Benê Fernandes, nascido em Eugênio de Melo, com 63 anos de idade escreveu um livro e nele registrou a lenda dessas árvores.
Rapidamente, assim com a pressa de anteontem, marquei uma entrevista com ele. Minha amiga Edna Deodato, casada com Clayton Deodato, nascido em Eugênio de Melo, me levou até o senhor Benê. E, agora, deixo aqui, para vocês, mais uma lenda a respeito de árvores centenárias em São José dos Campos.
Conta a lenda que naquele local havia uma enorme fazenda. Tão grande que se perdia de vista. O fazendeiro era muito rico e tinha muitos filhos. Gostava de guardar dinheiro e os filhos queixavam, pois queriam gastar todo dinheiro do pai. Até que o fazendeiro resolveu trocar o dinheiro por ouro e jóias preciosas, dessa forma foi juntando um tesouro.
Porém, os filhos queriam gastar o tesouro do fazendeiro. Ele, então, plantou algumas jaqueiras na mesma direção e com a mesma distância de 50 passos entre uma e outra. Depois, se posicionando no pé de jaca ao centro, caminhou em linha reta por toda a várzea, atravessou o rio Paraíba e plantou outro pé de jaca. Desse local contou 50 passos (não se sabe se é para a direita ou é para a esquerda) abriu uma cova bem funda e enterrou um baú repleto de tesouro.
Contou para os filhos que havia enterrado seu tesouro na propriedade onde moravam. Prometeu revelar o local para que seus filhos pudessem usufruir dessa riqueza. Mas, o fazendeiro ficou doente e, de repente, faleceu sem contar aos filhos o local em que se encontra o baú. 
Dizem os mais antigos, que se subirmos na jaqueira central e olharmos em linha reta em direção ao banhado, encontramos uma enorme jaqueira e chegamos até o tesouro. Eu já estive lá e tentei avistar a jaqueira, mas deve ser muito distante, não a enxerguei. Voltarei munida de binóculos, só assim, mesmo, para avistar a tal árvore. Talvez amanhã eu consiga. Alguém aí quer me ajudar?
Seu Benê Fernandes diz que, há muitos anos, os jovens iam até as jaqueiras para descansar, comer jaca ou tirar visgo para caçar passarinhos. Outros moradores se lembram de que ali foi local de distribuição de pão para os mais necessitados. Hoje em dia é local de passagem de pedestres.
Desejo que essas jaqueiras durem mais cem anos, com direito a saciar a nossa fome com muitas jacas. Obrigada, seu Benê Fernandes, por compartilhar esse mistério. Como você colocou no livro: “não sei se é lenda ou se é verdade”.





     Árvores de Seda


Foto-Haicai
















A lenda do Uirapuru




A lenda indígena do Uirapuru na versão de Tia Regina, conta da existência de duas amigas inseparáveis. Lindas, guerreiras, companheiras, sempre faziam tudo juntas, gostavam das mesmas coisas e eram admiradas na tribo pela amizade nutrida entre elas.
  Um dia, encontraram um novo cacique, as duas o acharam bonito, forte e se apaixonaram. Mas, pela primeira vez, não contaram seus sentimentos uma a outra.
  Muitas luas se passaram e muitos suspiros, para conseguirem expor mutuamente o amor de  seus corações e qual foi a surpresa: amavam o mesmo homem.
  Amigas e sempre juntas, depois de muito conversar, para não terminarem a amizade com brigas e disputas, decidiram deixar o Cacique escolher uma das duas.
 Mas, o Cacique não conseguia escolher e dizia amar as duas do mesmo jeito. Foi necessário consultar o pajé e por orientação dele ficou combinado uma disputa: quem acertasse primeiro a ave indicada, casaria com o cacique.
  Assim foi feito, as flechas de cada uma foram marcadas e ao sinal do pajé, as duas amigas atiraram as suas flechas em uma ave branca  no céu e é claro: a vencedora casou com o cacique.
  A perdedora, chamada Uirapuru, aceitou a derrota e se afastou. Mas, triste e sentindo a falta de sua amiga e de seu amado, chorou  muito chegando a criar um rio.
 O deus Tupã,  curioso, foi buscar a origem do rio, encontrou a moça e soube de sua triste história. Para ajudá-la a matar a saudade da amiga e do amado, ele a transformou em um pássaro, pois desta forma a índia  poderia se aproximar dos dois sem ser notada. 
  Uirapuru pássaro foi até a aldeia, entrou na oca do Cacique, viu sua amiga e seu amado muito felizes  deixando-a com muito ciúme e mais triste ainda.
  Tupã ao ver Uirapuru ainda mais entristecida, chamou sua atenção: Saber perder é uma vitória! Era preciso se conformar, seguir a vida adiante. 
  Tupã não conseguiu ter-minar de falar, foi interrompido por uma algazarra. Eram as aves! Como acontecia freqüentemente, quando elas queriam cantar e gritar,  faziam todas ao mesmo tempo e sem nenhuma ordem naquele barulho.
 Tupã com sua sabedoria conseguiu encontrar duas soluções: deu um raríssimo canto para a índia passarinho, um tão belo que ela esqueceria sua tristeza e com notas e timbres tão especiais que os outros pássaros fariam silêncio para ouvir o seu canto.
  E assim é até hoje, quando o uirapuru canta, todas as aves ficam em silêncio.
  Diz ainda a lenda: O Uirapuru é uma ave mágica, é chamada a ave da felicidade, concede desejos aos que a escutam e a conseguem ver.


Verdade ou não verdade? É lenda!
Ivani Izidoro@hotmail.com


Atividade Física

Anabolizantes

Parece um milagre ou até mesmo uma fórmula mágica, mas o uso de anabolizantes, apesar de ser uma alternativa fácil e rápida de aumentar a musculatura, oferece riscos à saúde, o uso indiscriminado desses produtos, sem orientação médica, pode causar efeitos colaterais, como risco maior de problemas no coração, aumento do colesterol ruim, problemas no fígado, infarto, derrame e até mesmo câncer.
Por isso, os especialistas alertam que essas substâncias não devem ser usadas e não podem ser receitadas nas academias, já que é possível ganhar massa muscular apenas com exercício físico e alimentação. Em relação ao câncer, o excesso de hormônios dos anabolizantes, usados de maneira inadequada, estimula o crescimento de células – se uma delas tem uma tendência a se transformar em um câncer no futuro ou se já tem a doença, o anabolizante pode promover seu desenvolvimento com mais rapidez. Ou seja, ele pode causar um tumor ou acelerar um que já existia, com o risco até mesmo de metástase.

Fonte:http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2014/01/anabolizantes-dao-efeitos-colaterais-e-uso-indiscriminado-traz-risco-saude.htm


São José 2 x Taubaté 1


Parabéns aos meninos do 

sub-15 e sub-17 que lutaram 

mostrando muita garra e raça






Com gols de Rodolfo e João o São José E.C. sub-17 venceu o time de Taubaté em uma disputa onde prevaleceu a tradicional rivalidade entre os times, em um jogo muito emocionante vimos o time da Águia, que tem apenas dois meses de treinamento, mostrar que o caminho é longo mas estão no rumo certo. A vitória veio para coroar a união e garra destes meninos que vem trabalhando duro e lutando pelo seu espaço a diretoria, treinadores e todos que de alguma forma colaboraram para que este trabalho venha a ser realizado. Parabéns!!!!   
Jornal de maio em construção
Jornal de abril em construção

quinta-feira, 13 de março de 2014

Revista Visão Vale Março de 2014


Editorial


Caro Leitor:

  Lembra quando todos eram mais felizes, sorriam por qualquer motivo e as coisas mais importantes eram ver o riso de uma criança, o pôr-do-sol, um grande amor e a paz de um domingo? Que será que fizemos para apagar o riso, porque será que as cores ficaram mais pálidas?
  O que fizemos contra nós mesmos para esquecermos de caminhar na chuva e espiar ninhos de passarinhos? Morreu a fantasia, morreu a criança que vivia dentro de nós?
  Deixamos tudo isso acontecer e nem nos apercebemos.    Gastamos nosso tempo na televisão, no telefone, na Internet e deixamos para trás a nossa alma, as horas de papo com os amigos, o passeio de mãos dadas e o cafezinho no boteco...
  Queria te convidar a sonhar. Não, não é para mais um sonho do que se vai comprar, adquirir e se entupir. Sonhar infantilmente, por nos olhos a candura pueril, os lábios quase falando a ânsia da alegria, navegar na fantasia!
  Vá correr sem medo e, em todo o desapego, igual correr na estrada com poeira sem pensar na sujeira, brincar com o sentimento, ser novamente num momento apenas garoto, maroto, arteiro e eterno...




Gerações X, Y e Z


Acabo de saber que sou da geração X, segundo um conceito sociológico. São pessoas nascidas entre 1960 e 1980. Estas preferem conversar pessoalmente, embora também gostem das redes sociais, mas não fazem disso um fator primordial nem o principal de suas vidas.
  A geração Y são os nascidos entre 1980 e 2000. Estes  preferem o celular ou o computador para conversar. É a geração da tecnologia. Conversar pessoal-mente fica em segundo plano.
  Os que nasceram a partir de 2000, minha primeira sobrinha é deste ano, são chamados de geração Z. O texto que li não fala deles, mas imagino que vão ser mais apegados à tecnologia, pois aprendem rápido demais a usar as novas tecnologias e sabem mais do que nós.
  Espero que não seja a geração solitária, nem percam totalmente o contato humano, nem sejam tão escravos de celular, por exemplo, que acordam de instante em instante para olhar o celular que deixa ligado a noite toda só para saber quais amigos ainda estão on-line.



Não esqueça 

do mundo real


 Estamos vivendo um período em que procuramos suprir nossas carências no mundo virtual. Damos incondicional-mente do nosso tempo e oferecemos muito de nós. Nos abrimos, enviamos flores virtuais, abraços virtuais, palavras de consolo, infinitos bons dias e boas noites. Trazemos sonhos e oferecemos nossa amizade sem nos questionar. Sabemos pouco uns dos outros, mas isso não tem importância. Quando a porta do mundo virtual se abre, entramos e não nos preocupamos em saber se existe uma porta de saída.
Enquanto isso, ao nosso lado, na nossa vizinhança, na nossa cidade e, mesmo, dentro da família, as pessoas vão sendo deixadas. Nos esquecemos do bom dia diário, do sorriso luminoso que pode iluminar o dia de alguém, de um olhar sincero do "pode contar comigo" que escrevemos tantas vezes a quem não conhecemos.
  Mas quando Deus permitiu que a internet fosse criada, foi para que mais portas se abrissem e não que outras fossem fechadas. Penso que Ele queria que nos abríssemos para o mundo, mas que jamais desejou que nos fechássemos em nossa casa.
  Então, por que não trocar de vez em quando algum tempo diante do PC por uma boa xícara de café com alguém que conhecemos? No lugar de um e-mail de bom dia que vai ficar guardado numa caixinha virtual, um caloroso bom dia por telefone que vai ficar guardado no coração. Uma boa gargalhada a dois, três ou mais pode ser ainda mais saudável que uma solitária diante de uma tela.
  Experimente de vez em quando voltar ao mundo real. Ser uma bênção virtual é enriquecedor e nos traz grandes satisfações. Mas se, além disso, podemos ser uma bênção real e uma real bênção, nossa missão de ser anjos na terra vai estar sendo maravilhosa-mente cumprida.

(Letícia Thompson)



Rita Elisa Seda 


  Existem palavras que falam mais alto em nosso interior se forem caladas nos lábios. Na quietude do sentimento, se existir harmonia, a troca de palavras será espiritual, sem interferência física.
  A mulher tem um sexto sentido apurado para isso, cala-se quando deveria gritar, mas por dentro está emanando energia, se conectando com o universo. Conversando com si mesma e, na maioria das vezes, com uma hierarquia Divina.
 Tantas vezes já vi e senti isso. Ao conhecer pessoas; ao entrar em um estabelecimento; andando pela rua, ao passar por alguém; no meio de uma multidão, em plena Rua 25 de Março; ou na estrada, dirigindo.
  Permitir o aprofunda-mento na sinestesia só traz consenso ente a mente e o espírito, olhar em vez de tocar, tocar em vez de ouvir, beijar em vez de olhar, ou mesmo, sentir tudo isso sem precisar falar. Deixar que os sentidos do corpo falem sem as palavras.
  O ser humano tem a capacidade de encontrar palavras: na ponta dos dedos, nos lábios fechados, na concha do ouvido, dentro dos olhos, no respirar constante; enfim, em todos os sentidos. Sem precisar pronunciar uma única... palavra, nem mesmo a sussurrar.
  Assim, momentos importantes se fixam na memória e deixam sensações diferentes, sem que necessitemos de verbalizar algo para encontrá-las; basta o perfume do jasmim, a luminosidade de uma cor, o som das ondas do mar ou o sabor de um figo maduro, isso basta para que surja o momento em nossa mente e nos faça reviver o que a memória eternizou.
  Cada ser humano traz em si uma diversidade de aprendizado sinestésico que é maior que a soma de todas as palavras contidas nos livros da Biblioteca Nacional. Temos a razão potencializada, devemos equilibrar os pólos e potencializar, também, a emoção.
  Homem não chora; mulher é frágil; se sorrir demais vai chorar; educar pelo medo! São alguns dos ensinamentos que moldaram gerações. Algumas pessoas já os trocaram por: alegria gera alegria; homem tem sensibilidade; mulher é forte; educar com amor. Tornando a geração atual mais dinâmica, confiante e alegre.
  Decantar pensamento cria palavras de ordem, ajuda muito e, nos ensina a falar somente o necessário.  Como agora, é hora de parar de escrever e falar através do olhar. Na janela.  Na lembrança de que uma palavra por si não quer dizer nada, ela só se torna poderosa através de nossa habilidade!

Rita Elisa Seda
www.palavrasdeseda.blogspot.com

Foto Haicai













Ivani Izidoro

A LENDA DE DAMANG

A RAINHA DA NOITE

  Na minha casa, tenho uma planta com mais de 5 anos, ganhada de minha mãe.
  Chamada hylocereus undatus, ela é resistente, com uma folhagem bastante interessante e só a vejo florescer uma vez no ano, no máximo, em uma ou duas flores murchas e feias.
  Flores que sempre critiquei!
  Como podia uma planta daquelas, dar uma flor tão derrotada?!
  Depois de todo esse tempo fui convencida a mudar de opinião.
  Devia ser por volta das 2 horas da madrugada, quando o calor e a insônia me levaram para a cadeira da varanda, ao lado do referido ser vegetal.
  Sentada, ainda demorei para descobrir: ali não existia uma flor desolada, murcha, feia.
  Existia uma flor aberta, imensa, brilhante e com um perfume muito delicado!
  Uma das flores mais lindas que já vi!
  (Um detalhe: floresceu somente um dia!)
 Fiquei pensando: em tudo e em todos -  é possível acreditar na existência de belezas escondidas!
  Encantada e curiosa para saber mais sobre a minha linda flor noturna, fui pesquisar e descobri:
  Na minha casa florescia uma rainha da noite, esbarrei com uma lenda!
  Uma lenda celta, do tempo da Idade Média e sobre uma rainha chamada Damang.
  Muito bela, ela tinha um raro dom: um olfato muito aguçado e um gosto especial por perfumes.
  Todas as noites, seus súditos esperavam ansiosos pela sua aparição nos jardins do palácio. Diziam que a rainha brilhava como a lua e os seus perfumes traziam sensações de paz, alegria e felicidade. 
  Damang não se cansava de buscar diferentes fragrâncias e para isso passava todo o seu dia dentro da floresta, acompanhada e protegida pelas amigas ninfas.
  Um dia, a rainha encontrou uma flor linda e imensa, com um perfume muito delicado, quis chegar perto, mas foi avisada pelas ninfas.
  Aquela planta proibida para mãos humanas, nunca foi esquecida por Damang.
  E, quando a encontrou novamente, aproveitando a distração de suas protetoras, não resistiu e tentou chegar mais perto, não para tocar, mas para sentir o perfume.
  Mas, ao chegar tão pertinho, sem querer tocou as folhas e caiu no mesmo instante envenenada.
  Dizem que tudo tentaram para salvar a rainha e apesar das tentativas, para a tristeza de todos, ela acabou morrendo.
  Muito amada por seus súditos, Damang foi enterrada no jardim do palácio e todas as noites eles se reuniam para chorar de saudade da rainha.
   Algumas versões contam terem sido as ninfas, outras versões dizem ter sido o desejo dos súditos...
  Seja como for, do lugar onde Damang foi enterrada, todos viram surgir uma estranha planta e dela florescer uma linda flor branca, brilhante como a lua e que somente se abre a noite em delicado perfume. Essa planta passou a ser chamada: A rainha da noite.

Verdade ou não verdade?!
É lenda

Ivani Izidoro











  Brincar é uma atividade humana tão necessária e importante para o desenvolvimento e formação da criança que virou direito a ser garantido especialmente na Escola.
  Com o incentivo dos meus pais, e do meu professor Paulo Sérgio, resolvi criar esse espaço para escrever sobre temas relacionados a brincadeiras, dicas de livros, receitas infantis, etc.. 
  Para brincar não tem idade, pode ser criança, jovem e até adulto. Basta querer!    Mas tem aquele adulto que não pode, por que tem que trabalhar, ou aquele adulto que não quer, vive cansado e só fica deitado. Para esses pais o conselho é: Pegue seu filho que está solitário no quarto e vá brincar com ele!                            E para a criançada que só pensa em ficar na frente da tv, videogame, computador, celular e tablet. O tempo passa muito rápido, em pouco tempo você vira adulto! Por isso vai brincar!!!

Eu sou Júlia Santos Sales, tenho 10 anos, 
estou no 5º ano e estudo na Escola Maria Amélia Wakamatsu.
Boa leitura!  Até a próxima!  


DICAS DE BRINCADEIRAS:                      


• Taco
• Queimada
• Bandeirinha
• Esconde-esconde



TACO / ``bets´´

  Se brinca de taco com uma bolinha, dois tacos e duas "bases" (que podem ser uma latinha vazia de refrigerante, ou qualquer outra coisa que pare de pé .
  Os jogadores se dividem em dois times. Um time começa com os tacos (os rebatedores) e o outro com a bolinha (os lança-dores). Os lançadores devem tentar derrubar a base oposta com a bolinha, e o rebatedor deve defender a base com o taco. Se o rebatedor acertar a bolinha, o lançador da base oposta (que jogou a bola acertada) deve correr para pegá-la. Enquanto o lançador não pegar a bolinha, os rebatedores correm entre as bases e batem os tacos quando se cruzam. Cada batida vale um ponto. Quando o lançador pega a bolinha, ele pode jogá-la para o parceiro ou tentar acertar um dos rebatedores. Quando um rebate-dor é acertado pela bolinha fora do círculo, ele é queimado. Quando a base é derrubada ou um jogador é queimado pela bolinha, invertem-se os times: lançadores passam a ser rebatedores. Tem que combinar o número de pontos necessários para ganhar antes de começar o jogo.







  O Parque da Cidade é um espaço de lazer, que agrada grandinhos e baixinhos,
desde 1996, parte da antiga Fazenda da Tecelagem Paraíba foi transformada em Parque da Cidade, e desde então, tornou-se mais um espaço de lazer para São José dos Campos.
Com um total de área de 960.000 m², o Parque possui vários atrativos como lago, ilha artificial e uma ampla área verde ideal para trilhas para caminhadas e por onde circulam animais típicos da região, como as capivaras e garças, que com certeza fazem o visitante sentir-se em um verdadeiro espaço natural.

Mais informações:
Dentro do Parque, se encontra também, a antiga residência da família Olivo Gomes que conta com projeto arquitetônico do escritório de Rino Levi e tratamento paisagístico de Roberto Burle Marx, e que pode ser vista e apreciada por todos os que lá visitam.
Fauna: No Parque da Cidade existem vários tipos de animais, desde animais soltos pelo local, como animais de exposição, que ficam em grandes gaiolas espalhadas pelo local. Os animais mais comuns são: Capivaras  · Esquilos  · Garças.
 Endereço: Av. Olivo Gomes, s/n - Santana - S. J. dos Campos
 Horário de Funcionamento: 06 às 18:00hs













Mousse de Leite Condensado












Ingredientes

• 2 latas de leite condensado
• 1 lata de creme de leite
• ½ copo (americano) de água
• 1 envelope de gelatina incolor e sem sabor (12g)

Modo de Preparo

 Coloque a água em um recipiente e polvilhe a gelatina na água, espere um minutinho e leve ao microondas por 15 segundos. Se você não tem microondas, coloque no banho-maria até derreter. Coloque a gelatina derretida no liquidificador junto com os outros ingredientes. Bata bem. Unte uma forma com óleo e passe água, ainda molhada coloque o líquido e leve a geladeira por umas 4 horas. Desenforme, se sentir dificuldade mergulhe a forma, rapidamente em uma forma com água quente. Sirva bem gelado. Pode decorar com raspas de chocolate.


Dica de Livro
















Livro - Pipa Guerreira

Rita Elisa Seda

Pipa Guerreira é o arquétipo de quem procura a liberdade e quando a encontra não sabe o que fazer com ela. A Pipa machucou-se com essa tal liberdade e através de vontades, lembranças e histórias ela encontrou elementos balsâmicos para sua alma - a cura!






Orientação 

Saúde Bucal






Você tem 

mau hálito?

  A maioria das pessoas não sabe que tem mau hálito, ou “halitose”, como dizem os dentistas. Alguns estudos mostram que o número de pessoas com mau hálito chega a 50% da população adulta (1). Estima-se que, só nos Estados Unidos, cerca de 60 milhões de pessoas sofrem de halitose crônica (2).Entre as causas do mau hálito estão certos alimentos, condições de saúde e hábitos pessoais. Em muitos casos, uma higiene dentária apropriada pode resolver o problema. Se as técnicas simples de higiene bucal não derem resultado, é aconselhável que você consulte seu médico ou dentista para assegurar-se de que a causa do mau hálito não seja um problema mais sério.
   CAUSA DO MAU HÁLITO
  O mau hálito pode ser causado por fatores externos e internos. Os fatores externos podem estar relacionados com o tipo de alimento que você come (como atum ou tacos) e os condimentos com que são preparados (como, por exemplo, alho, cebola e outros). Se achar que seu mau hálito é produzido pelos alimentos que você consome, faça uma lista do que você come para determinar se esta é a causa real. As pessoas que fumam ou ingerem bebidas alcoólicas também podem sofrer de mau hálito.
Entre os fatores internos estão aqueles ligados à higiene bucal, que podem afetar o corpo de forma sistêmica. A língua é um dos lugares nos quais as bactérias podem proliferar. A maioria das bactérias que causam o mau hálito produzem substâncias chamadas “compostos sulfurados voláteis” ou CSV. Os CSV causadores do mau hálito são representados, principalmente, pelo sulfeto de hidrogênio e o metil merca-patana. A maioria dessas bactérias acumulam-se na parte posterior da língua.
  Outras causas do mau hálito podem ser (3):
· Problemas dentários (má higiene bucal, gengivite e doenças periodontais);
· Próteses Totais (os alimentos e a placa bacteriana podem aderir a próteses totais);
· Boca ressecada (falta de fluxo salivar);
· Problemas na boca, nariz e garganta (infecções dos seios [maxilares/paranasais] e da garganta ou tonsilite críptica);
· Enfermidades sistêmicas (diabetes, infecção ou abscesso pulmonar, insuficiência renal/hepática, distúrbio gastrintestinal);
· Pacientes em dietas regulares.
Por favor, consulte seu dentista para saber se você sofre de mau hálito e continue a usar creme dental antibacteriano com flúor, fio dental e limpador de língua.
















Qualificação profissional

Para a Copa de 2014 e as
Olimpíadas de 2016
no Brasil.

  Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, divulgou recentemente uma estimativa de empregos a serem gerados, no país, por conta da Copa: Cerca de três milhões de empregos. Diante disto, a necessidade de preparação profissional é crucial para quem deseja fazer parte deste momento. Principal-mente naquelas cidades que terão participação de alguma forma no evento, surgirão muitos empregos diretos e indiretos para Copa do Mundo de 2014 no Brasil.
  Começando pela construção civil, o potencial destas oportunidades chega a mais de 200. Salientamos que este setor deve ser o que mais precisará de mão de obra qualificada, antes e depois do evento. Sabe por quê? Esta área não se aplica apenas aos estádios que serão construídos e reformados. Ele se estende a toda infra-estrutura (em torno dos estádios) e as instalações de acomodações como hotéis e a construção de cidades-sedes, por exemplo.
  Além da preocupação com a infra-estrutura, no quesito empresarial, a inquietação é a qualificação profissional. Para Ney Campello, secretário da Secopa (Secretaria Extraordinária para Assuntos Copa do Mundo 2014), investir nos futuros trabalhadores da Copa é fundamental. “Nós esperamos que os empresários qualifiquem e invistam no capital humano, para que esteja bem preparado para receber os turistas.”
  Segundo o gestor, o bom atendimento e fluência em pelo menos duas línguas são características fundamentais para quem quiser atuar nas futuras empresas envolvidas no mundial de futebol.
Já durante a Copa de 2014, áreas como segurança pessoal e patrimonial além de hotelaria terão uma grande demanda. Além disso, para quem domina outros idiomas como o inglês ou espanhol, trabalho certamente não faltará: Muitas oportunidades de trabalho como guia turístico, tradutor e serviços do gênero serão muito requisitados antes, durante e ainda depois da copa.
  Ao contrário do que se pensa, algumas vagas criadas temporariamente por conta da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas de 2016, por exemplo, podem se tornar definitivas e, neste caso, falar inglês é essencial para aproveitar as oportunidades. Portanto, é preciso inteirar-se das oportunidades e se qualificar para que os frutos de seu aprendizado possam ser colhidos a tempo.





Revista Visão GPS

uma nova revista da região leste


É com grande alegria que apresentamos a capa da primeira edição, da revista Visão GPS, que já está sendo distribuída na região.
A Revista Visão GPS, foi lançada neste mês de março, com a participação e apoio de vários comerciantes da zona leste. Diferenciada das demais, pois traz editorias destinadas ao público do setor automotivo, aos apaixonados por essas má-quinas maravilhosas e ao comércio de: Auto Peças, Mecânicas, Auto Elétricas, Funilarias, Agências de Carros, Seguradoras, Despachantes, Auto Escolas, etc...
A revista sempre estará em aperfeiçoamento evolutivo procurando se aproximar cada vez mais do que as pessoas querem ver.
Na Revista Visão GPS você poderá encontrar o profissional, serviço ou comércio especializado em sua necessidade, além de dicas, alertas, e a oportunidade de poder enviar sugestões para melhorar o trânsito da nossa região e da nossa cidade.
Com nome VISÃO GPS que quer dizer: GUIA de PRODUTOS e SERVIÇOS, onde seu produto ou serviço será valorizado ainda mais com as matérias e fotos que farão da Revista Visão GPS um grande sucesso.
Você já pode acessar a primeira edição no blog:
www.revistavisaogps.blogspot.com
revistagps@hotmail.com.br

Segue abaixo o contato para que seu anúncio,
esteja na segunda edição. Aproveite os preços de
lançamento e ligue:
(12) 3912-5694 / 9 8825-4405



Receita culinária














Pão de forma de liquidificador

Ingredientes

· 1 kg de farinha de trigo
· 2 xícaras de chá de leite morno
· 2 xícaras de chá de água
· 4 ovos
· 1 xícara de chá de açúcar
· 1/2 xícara de chá de óleo
· 1 pitada de sal
· 2 tabletes de fermento para pão

Modo de Preparo

1 - Você deverá bater todos os ingredientes no liquidificador, menos a farinha.
2 - Coloque a farinha em uma vasilha e faça uma depressão no centro.
3 - Despeje aos poucos a mistura do liquidificador, mexendo com uma colher de pau, sem sovar.
4 - Divida a massa em 3 formas médias untadas com óleo.
5 - Deixe descansar até dobrar de volume.
6 - Leve ao forno pré-aquecido (180º) por 25 minutos.



Bicho de Estimação



Esta é a Juliana, toda feliz, com a "pulguinha"
após o banho e tosa no Tobby Pet.


O crescente número de clientes, só vem confirmar o bom atendimento.
A satisfação de nossos clientes é nosso maior desejo. A Tooby Pet, sem dúvida é uma das melhores opções para cuidar do seu animal de estimação, temos produtos de qualidade e excelente atendimento.
Para você que adquiriu um animalzinho de estimação, não deixe de fazer uma visita, temos certeza que tanto você quanto seu pet vão sair satisfeito com o resultado.´´
















Meus versos não são finos
Nem tem gosto de vinho.
Meus versos são caipiras
Como a poeira da estrada.
São como a madeira gasta
Da mesa velha da cozinha.
Ou como a enxada enferrujada,
Largada e deixada no barracão.
Meus versos não são sutis
Nem possuem brilho ou lustro.
São às vezes um pouco cansados
Do sol da tarde e do velho tédio.
São cansados e empoeirados,
Esquecidos em alguma cidadela
Ou vila do Vale do Paraíba,
Onde nada mais acontece.
São como a moça na janela,
Vendo a vida e mundo passar,
As novidades que não chegam,
E o amor que já se foi.
Mas eles também, às vezes, passeiam
Sobre paralelepípedos ou vielas
E perdem-se em Ladeiras de Saudades
Nas sombras amorosas das alcovas.
Passeiam por pomares, pequenos laranjais,
Pelo perfume das matas e das águas.
E se sentem em casa e amparados,
Aqui, nas terras do Vale do Paraíba.

Jorge Pessoto


Música



Tom 

Jobim







Eu Sei Que Vou Te Amar


Tom: D  (intro) E9  C#°  Em7/b5  Bbm6  F#m7/b5  F7+  C7+  G7/b9

C7+
 Eu    sei que vou te amar
 C#º                 Dm7
Por toda a minha vida
                G7/5+
Eu vou te amar
G7              Gm7               C7/9
Em cada despedida eu vou te amar
                 F7+                            Bb7/b5
Desesperadamente eu sei que vou te amar
  Em    C#º    Dm7  G7/5+ G7  Em7/b5  A7/5+
E cada verso meu será      pra te    dizer
       D7/9
Que eu sei que vou te amar
    G7/5+      G7
Por toda minha vida

   C7+
Eu sei que vou chorar
 C#º           Dm7               G7/5+
A  cada ausência tua eu vou chorar
G7             Gm7              C7/9
Mas cada volta tua há de apagar
                     F7+      Bb7/b5
O que esta ausência tua me causou
   Em                 C#º
Eu sei que vou sofrer
               Em5-/7
A eterna desventura de viver
A7/5+ A7      Dm7/9
A es..pera de viver ao lado teu
G7/5+  G7           C7+
Por toda a minha vida.

Eu sei que vou sofrer
               Em5-/7
A eterna desventura de viver
A7/5+ A7      Dm7/9
A es..pera de viver ao lado teu
G7/5+  G7           C7+   G7/b9
Por toda a minha vida.



quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014


Editorial

Caro leitor!

 Na busca da Paz interior encontrei o silêncio de DEUS!
 Muitas vezes nos perguntamos por que Deus não nos responde. Porque Deus se cala?
Muitos de nós gostaríamos que nos respondesse o que desejamos ouvir ou respostas para as coisas que buscamos, mas Ele não o faz: responde-nos com o silêncio. Deveríamos aprender a escutar esse silêncio.
 O Divino Silêncio é uma palavra destinada a convencer-nos de que Ele, sim, sabe o que faz.
  Com o seu silêncio, diz-nos carinhosamente: “Confia em mim, sei o que é preciso fazer”!
Por isso precisamos as vezes nos silenciar, precisamos desse tempo, para que possamos encontrar dentro de nós a paciência concentrada, ou seja a tolerância. ``Cultivar o silêncio traz benefícios para a mente e para a alma´´. 



“Aprendi o silêncio com os faladores, a 
tolerância com os intolerantes, a 
bondade com os maldosos. 
E sou grato a esses professores”. 

Khalil Gibran 

Boa Leitura!




Tolerância


 Um diretor de empresa com poder de decisão, gritou com seu gerente porque estava com muito ódio naquele momento. 
 O gerente, chegando em casa, gritou com sua esposa, acusando-a de gastar demais, com um bom e farto almoço à mesa. 
 A esposa nervosa gritou com a empregada que acabou quebrando um prato que caiu no chão. 
 A empregada chutou o cachorrinho no qual tropeçara, enquanto limpava os cacos de vidro. 
 O cachorrinho saiu correndo de casa e acabou mordendo uma senhora que ia passando pela rua. 
 Essa senhora foi à farmácia para fazer um curativo e tomar uma vacina, e gritou com o farmacêutico, porque a vacina doeu ao ser-lhe aplicada. 
 O farmacêutico, chegando em casa, gritou com sua esposa, porque o jantar não estava do seu agrado. 
Sua esposa, tolerante, um manancial de amor e perdão, afagou seus cabelos e beijou-o, dizendo:
 - Querido, prometo que amanhã farei o seu prato favorito. Você trabalha muito, está cansado e precisa de uma boa noite de sono. Vou trocar os lençóis da nossa cama por outros bem limpinhos e cheirosos para que você durma tranquilo. Amanhã você vai sentir-se bem melhor. E retirando-se deixou-o sozinho com os seus pensamentos.

``Tolerância é

paciência concentrada´´

Thomas Carlyle





Rita Elisa Seda


Cronista - Poeta - Biógrafa - Fotógrafa e Pesquisadora 



www.palavrasdeseda.blogspot.com


 Há pelo menos 13 anos escrevi uma crônica a respeito do Silêncio. O silêncio que eu procurava na época, encontrei dentro de minha morada, na minha alma. Lembro-me que meu vizinho ao ler a crônica me interfonou, disse que estava emocionado e que não tinha palavras para descrever o que sentia. Crônica publicada em dois jornais e em um dos meus livros.
 Sei cultivar o silêncio interno, mas, creia, o barulho externo me incomoda... esse quase sempre foge ao meu controle e eu me vejo agitada, perdida em um redemoinho que teima em mover águas calmas e claras, tornando-as bravias e perigosas. 
 Pensei que era só eu que precisava do Silêncio. Alguns me acham um 'bicho do mato' porque prefiro a sinfonia dos pássaros de manhã do que a música industrializada. Segundo o Centro da Indústria de Informação Global atualmente 'recebemos mais informações do que podemos absorver ou realmente ouvir'. No mundo em que as crianças se adaptam ao smartphone, ficam conectadas no mundo digital e 'nunca' convivem com o silêncio total, existe uma nova doença: a fadiga da informação! 
 Hoje li um artigo bem atual, onde Rafael Tonon afirma que o Silêncio está em extinção. Eu sinto o mesmo. Por isso necessito de ficar no meio da mata, ou melhor... no meio do mato onde o silêncio é puro, em harmonia com os pássaros, o rio, os insetos e o vento. 
 Em um sítio, em plena floresta, até mesmo o trepidar das chamas de uma fogueira faz um som harmonioso, sensacional. Por isso me acostumei a apreciar os quatro elementos vitais para minha... digo 'nossa'... existência: o fogo, a água, a terra e o ar! Quando estamos em sintonia, existe uma frágil lembrança de que fomos feitos de argila, mistura terra e água, com a vitrificação pelo fogo e a presença da alma através do sopro Divino. Quando estou inserida à natureza sinto esses quatro elementos em meu corpo, comandando, curando, amando, me dando vida!
 Hoje em dia existe um novo desenvolvimento natural: a ecologia acústica. Onde os estudiosos buscam registrar os mais diversos sons da natureza, aqueles que só surgem nos mais entocados e profundos silêncios, encontrados, por especialistas, em lugares isolados de ruídos causados pelos homens. Esses estudiosos há mais de 30 anos colhem registros pelo mundo a fora. Afirmam que até mesmo em lugares sagrados, ideais para uma introspecção, o silêncio se tornou uma tortura em vez de paz! 
 Cultivar o silêncio traz benefícios para a mente e para a alma. No silêncio da manhã eu deposito nas gotas de orvalho minhas tristezas, minhas desilusões; e deixo que os primeiros raios do sol da bondade apareçam aos poucos e, progressivamente, dissolvam essas gotas que, de tão translúcidas, apenas refletem o entorno, sem ter a capacidade de tornar-se palpável, de SER. Mas, são essas gotas de orvalho que através do reflexo criam pontos de luz, são elas que umedecem as plantas, que matam a sede dos insetos, que fazem das folhas mortas húmus para o crescimento dos vegetais. Assim é a vida, nossas decepções e tristezas, se colocadas no lugar certo, não caíram como lágrimas e, sim, se tornarão gotas de orvalho, adubando a terra em que fomos criados.
 Conciliar vida de sitiante com vida urbana está difícil, a cada dia fica mais difícil. Quando venho para a cidade grande, por ter apurado meus sentidos, acabo vendo o invisível, ainda mais quando olho dentro dos olhos das pessoas. Vejo a alma e, por muitas vezes, tentei alertar algo, mas as pessoas não tem tempo para ouvir, mesmo que isso signifique sobrevivência! O tempo passa e, a cada ano, aprendo conviver um pouco mais com a lei da natureza e, desaprendo, muito... conviver com o ser humano.

Rita Elisa Seda

Foto-haicai

Foto: Rita Elisa Seda


`` Manhã na mata
entre tantas teias
brilha um rosário ´´

Gustavo Terra







Ivani Izidoro

Ivaniizidoro@hotmail.com


A LENDA DA TORRE DE BABEL


 Conta a lenda judaica: quando Adão e Eva saíram do Paraíso, vestiam roupas feitas de peles dadas por Yaveh, essas tinham a propriedade de tornar invencível e irresistível quem as vestisse.  
 Adão e Eva deram as vestes como herança para Enoque, depois foram  dadas a Matusalem e este presenteou seu filho, Noé. 
 Quando desocuparam a arca, Cã, roubou as vestes de seu pai Noé, escondeu, dando ao seu filho Cuche e este  entregou a  seu caçula -  Ninrode.  
 Ninrode colocou as peles e quando viu  as feras e as aves do campo prostrarem  diante dele, foi tomado de grande soberba.
 Surgia o primeiro líder a corromper os homens!
 Sem saber o mistério das propriedades das peles, o povo exaltou Ninrode por bravura pessoal, suas vitórias  e o constituiu rei. 
  O Rei Ninrode, sendo vitorioso em todos os seus combates, foi ficando cada vez mais perverso, soberbo,    inflamava o povo contra Yaveh. 
E, acreditando ser maior que o próprio Yaveh, concordou pronta-mente com o projeto de edificação de uma torre para chegar ao céu dado por seus conselheiros.  
 Ninrode, juntos com 3 grupos planejavam subir ao céu, guerrear, devastar a todos com arcos e lanças, vencer Yaveh  e colocar outros deuses para adorar.  Assim, com a finalidade de liderar uma rebelião contra Deus, iniciaram a construção da Torre de Babel.
 Muitos anos se seguiram na construção da torre e a altura para ser alcançada precisava de um ano inteiro. Todos trabalhavam sem parar. Os tijolos passaram a ter mais valor que as pessoas: se uma pessoa caia ninguém fazia conta, mas se um tijolo caísse, existia grave punição pois,  demoraria um ano para o tijolo ser reposto.   
 A construção da torre só era interrom-pida para o lançamento de flechas em direção ao céu. E, como viam algumas flechas voltarem cobertas de sangue, reforçava-se a pretensão de estarem matando todos do céu. 
Yaveh , diante de tanta perversidade, ordenou para os setenta anjos que rodeavam seu trono: 
 - Desçam e retirem a linguagem divina deles, sem ela,  não se entenderão!
 Os anjos desceram na Terra, retiram o dom da linguagem e ninguém mais na torre sabia o que o outro estava dizendo.
 A falta de comunicação causou conflitos, brigas, mortes  e separações e todos foram punidos de acordo com sua transgressão.
 Quanto a torre, grande parte afundou  na terra, outra parte foi consumida pelo fogo e apenas um terço permaneceu em pé. Curiosamente o lugar, onde a torre foi construída, até hoje faz as pessoas ao passarem por ali esquecerem de tudo o que sabem.
 Todo o povo da torre de Babel foi  dispersos pelo mundo, muitos idiomas foram inventados e os anjos por ordem de Yaveh ajudaram. Mas, a língua divina , a fala  dos anjos, esta só pode  ser dada pela misericórdia de Yaveh e só entregue a todos os homens no fim dos tempos. 
 Explica ainda a  lenda: Yaveh  poupou parte do povo da Torre de Babel da destruição total porque muitos conviviam amigavelmente, amavam uns aos outros, apesar de  terem sido corrompidos por Ninrode, diferente da geração do dilúvio, extirpada até a raiz porque era constituído de pessoas entregues a saques, depredações e ao cultivo de ódio uns pelos outros.    


Verdade ou não-verdade? É lenda! 





PODOLOGIA





Tratamento com Laser 

na Micose de unha


(onicomicose)

 Um dos problemas mais antigos e difíceis de tratar é a micose de unha (onicomicose), agora tem um novo tratamento, com excelentes resultados, e em curto período de tempo, Terapia Fotodinâmica (PDT) Laser Terapêutico de baixa Potencia.
 Quem não conhece alguém que tem? Até mesmo você, que está  lendo agora está informação pode ter! Pois agora, uma nova tecnologia chegou para ajudar neste tratamento com ótimos resultados, em curto espaço de tempo, procurando oferecer tratamentos cada vez mais eficazes, a Podologia está sempre procurando novas técnicas e equipamentos que possam ser utilizados, e a grande novidade foi à descoberta do Laser Terapêutico. Apesar de estar sendo usado já há vários anos na medicina, só recentemente é que ficou provada que o Laser tem grande importância quando aplicado na Cicatrização de Feridas, inflamações decorrentes de Unhas encravadas, Frieira, e também tratamento da unha com micose (onicomicose).
 Em casos crônicos, que não houver comprometimento da matriz da unha dependendo do que o paciente fez anteriormente, poderá ter cura do problema se o organismo reagir ao tratamento, ou melhoras bem acentuadas, o que é ótimo em muitos casos já graves. Havendo comprometi-mento da matriz da unha, fica muito difícil a recuperação.
 O tratamento é de forma multidisciplinar, o Dermatologista deverá ser consultado para buscar melhores resultados.

 SEGUE ALGUMAS DUVIDAS SOBRE O TRATAMENTO COM LASER:

 Sente-se alguma dor na aplicação do Laser?
O uso do laser não causa nenhum desconforto ao paciente, já que sua potência é baixa, não esquenta, não arde, não dói, não causa prurido e nem traz nenhum desconforto. Com isso, deixamos bem claro que não se trata de um laser cirúrgico, mas sim de um laser terapêutico. O laser de baixa potência usado em Onicomicose causa uma reação química na unha, que mata os fungos, e nas feridas acelera o processo de mitose das células e por isso estimula a desinflamação e a cicatrização, diminuindo também a dor.
Quem não pode usar o Laser?
O laser não pode ser usado em pessoas que possuem tumores malignos, porque, como sabemos, ele acelera a proliferação celular. Também não se deve utilizá-lo em pessoas com doenças de coração sem autorização médica, em pessoas com idade avançada e em condições físicas precárias devido a alguma doença grave ou em outras situações, as quais o médico considere inadequado o uso do laser.
Como é o tratamento com Laser? 
O tratamento é feito por aplicações do Laser no local a ser tratado, cada paciente passa por uma avaliação, antes de iniciar o tratamento, de acordo com a Patologia será orientado como deverá ser feito o tratamento de forma personalizada e única.
 A contaminação da lâmina ungueal (unha) por fungos e/ou cândidas, devido ao ambiente propício para se instalarem: quente, úmido e escuro, o laser atua como acelerador no crescimento da lâmina saudável e destrói os fungos através da terapia fotodinâmica. Sua aplicação é pontual e trabalha cada cm² da área a ser afetada. Por ser energia pura e de alta intensidade. Toda energia direcionada é absorvida pelas células, essa por sua vez reage no tecido quimicamente, por esse motivo falamos que o laser é um biomodulador tecidual.  A principal diferença da ação do Laser das outras técnicas utilizadas na Podologia é que o benefício celular é produzido de dentro para fora, ou seja, a célula absorve os efeitos do laser através da sua ação nas mitocôndrias, promovendo sua rápida recuperação e cura. No tratamento da onicomicose a fonte óptica mais adequada é a vermelha (Red Photo Therapy), pois, possui melhor absorção na superfície da pele ou lâmina ungueal (unha).
 Com o crescimento rápido da unha, a região infestada é rapidamente eliminada, e fica evidente a cura em curto espaço de tampo, sem precisar tomar medicamentos por longo período. Quanto maior a região comprometida da unha, maior será o tempo do tratamento, por tanto não demore em iniciar o tratamento. Todo sabe que a onicomicose é difícil de tratar, e com o tratamento convencional existem varias reincidivas. Por isso é muito importante o comprometimento e colaboração do Paciente.
 Marque uma consulta com um Dermatologista, e procure um Podólogo especializado.
Onicomicose

 A onicomicose é uma doença multifatorial. Estudos observaram que a genética é um fator que governa a epidemiologia da onicomicose e a doença causada pelo T. rubrum apresenta um padrão familiar. Tem sido observada a associação entre a ocorrência de onicomicose e o estilo de vida do paciente. Diabetes, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida e doenças arteriais periféricas são fatores predisponentes para a instalação desta infecção fúngica.
 Como qualquer doença infecciosa, um diagnóstico correto e precoce é imprescindível para a escolha do tratamento adequado. Estudos revelam que as espécies Trichophyton rubrum e Trichophyton mentagrophytes estão envolvidos em mais de 90% das onicomicoses (FAERGEMANN E BARAN, 2003). O tratamento das onicomicoses representa uma das principais dificuldades terapêuticas encontradas na prática clínica, em razão de algumas particularidades: as unhas são estruturas não-vascularizadas o que explica a pequena pene-tração dos medicamentos utilizados por via sistêmica e o crescimento das unhas se faz de maneira lenta (5 a 6 meses nas unhas das mãos e 12 a 18 meses nas unhas dos pés). Portanto, as dermatofitoses das unhas dos pés são mais rebeldes ao tratamento que as das mãos (SIDRIM E MOREIRA, 1999). 
 O tratamento tópico com amorolfina e ciclopiroxolamina produz poucos efeitos adversos sistêmicos e não faz interação com outras drogas sistêmicas utilizadas. Os antifúngicos sistêmicos classicamente empregados no tratamentos apresentam efeitos adversos como: cefaléia, hipersensibilidade e eritema. Interagem com outras drogas (anticoagulantes orais e fenobarbital) acelerando seu metabolismo e diminuindo sua biodisponibilidade (LLAMBRICH E LECHA, 2002; BALLESTÉ et al., 2003). Por volta de 1990 foram substituídos por itraconazol, fluconazol e terbinafina, que apresentam melhores resultados em menor tempo, maior segurança para o paciente embora apresentando ainda efeitos colaterais (BALLESTÉ et al., 2003). De acordo com Ribeiro e Zezell (2004), o tratamento fotodinâmico (PDT) é estudado pela Medicina em várias modalidades terapêuticas.
 Nem a luz nem o corante isoladamente tiveram qualquer efeito aparente sobre os paramécios, mas, associados, foram altamente citotóxicos.
 A PDT representa um complexo sistema de fototerapia que requer a presença de três fatores que interagem concomitantemente: corante (agente fotossensibilizador), uma fonte de luz e o oxigênio. Isoladamente, nem o fotossensibilizador, nem a luz tem a capacidade de produzir efeito deletério ao sistema biológico alvo. O mecanismo de ação se dá por dois tipos de reações físico-químicas: Reação do tipo I e reação do tipo II  (MELLO et al., 2001; ALLISON et al., 2004).

Flávio Fernandes
Podologo





Saúde Bucal

Idosos: 

prevenção na 

saúde bucal


Odontogeriatria

 Uma doença que ocorre com frequência com idosos é a doença periodontal. Ela acomete os tecidos em torno dos dentes e quase sempre é indolor. E devido a isto, quando percebe-se que tem a doença periodontal, já ocorreu uma boa perda óssea nos dentes afetados. Ela tem como agente causador a placa bacteriana que se acumula sobre as superfícies do esmalte dentário e no sulco gengival (fica na margem gengival entre a parte branca do dente e o tecido gengival) e isto vai formar o tártaro com o passar dos meses.
 A prevenção da doença periodontal, assim como a cárie dentária, é conseguida através da remoção eficiente da placa bacteriana a cada refeição. Para prevenir estas doenças é fundamental uma higiene bucal bem executada, através do uso de dispositivos como escova, fio dental, escova interdental, pastas dentais fluoretadas, soluções para bochecho com flúor (enxaguatórios bucais) e limpadores de língua.
 Em relação ao tipo de escova, esta deve ser individualizada, mas recomenda-se escova de textura macia, com "cerdas planas" (parte ativa sem curvatura). Em relação ao tipo de cabo da escova, recomenda-se o do tipo reto. A frequência da escovação deve ser imediatamente ou até 30 minutos após a ingestão de alimentos.
 A escovação requer o emprego de técnicas adequadas, e no caso dos idosos que possuem boa coordenação motora, a seguinte técnica é uma das mais recomendadas:
 a) Começar limpando as superfícies internas dos dentes inferiores (que ficam embaixo no fundo da boca do lado e na frente da língua), sendo que a escovação deve ser realizada segurando a escova verticalmente em um ângulo de 45 graus em direção a linha gengival e usar movimentos rítmicos suaves para cima e para baixo com a ponta da cabeça da escova;
 b) Depois limpar as superfícies externas dos dentes inferiores, que ficam localizadas embaixo ao lado das bochechas e atrás do lábio inferior da boca. Usar movimentos rítmicos suaves e curtos, movendo a escova para trás e para frente contra os dentes e a gengiva;
c) Após isto, limpar as superfícies internas dos dentes superiores, que ficam em cima no fundo da boca e nas superfícies internas dos dentes da frente e depois as superfícies externas dos dentes superiores, que ficam no fundo da boca ao lado das bochechas e atrás do lábio superior da boca. Durante toda a escovação nunca se esquecer da margem gengival e os dentes posteriores, que são os mais difíceis de alcançar e para as áreas situadas ao redor de restaurações e coroas;
d) Depois de limpar todas as superfícies internas e externas dos dentes, deve-se limpar as superfícies de mastigação tanto em cima como em baixo das arcadas dentárias, concentrando-se na limpeza de cada setor da boca.
Nas regiões entre os dentes é importante também a utilização do fio dental ou da escova interdental, pois removem a placa bacteriana e alimentos que ficam nestas regiões e abaixo das gengivas. Para idosos que tem boa coordenação motora, deve-se utilizar o fio dental da seguinte forma: Enrolar aproximadamente 50 cm de fio dental nos dedos médios, segurando-o com o polegar e o indicador. Passar o fio dental esticado entre os dentes, nos sentidos horizontal e vertical alternadamente. Penetrar um pouco o fio na gengiva e deslizar em movimentos suaves. O fio dental deve ser utilizado após as refeições, depois de escovar os dentes. Além disto, existem no mercado suportes em forma de Y que facilitam o uso do fio dental. E em áreas da boca inacessíveis, como nos espaços que se localizam entre coroas fixas, deve-se utilizar do passador de fio dental, assim como da escova interdental. Mas é importante ressaltar que no caso específico dos idosos, a escova interdental é muito eficiente e mais fácil de usar do que o fio dental e, portanto, é mais recomendada. Mas o tipo de escova interdental (por exemplo o tamanho), deve ser individualizado, sendo que o dentista é quem irá escolher a escova que melhor se adapte ao idoso para que depois ele possa comprá-la em uma farmácia ou supermercado.
 Deve-se escovar também a língua, pois é um local onde muitas bactérias ficam alojadas e costumam ficar restos de alimentos, e que proporcionará um hálito agradável. Neste caso, o uso de limpador de plástico de língua, uma vez por dia, é extremamente importante para os idosos em geral. E quanto mais os idosos forem dependentes de pessoas cuidadoras para a realização da higienização, mais importante é o uso do limpador de plás-tico. Deve-se utilizá-lo da seguinte forma:
a) Deve-se colocar a língua para fora;
b) Limpar suavemente da parte posterior da língua até a parte anterior (ponta da língua);
c) Deve-se limpar de uma lateral, e seguindo com a limpeza do corpo da língua e chegar até a lateral oposta.
 Para idosos incapacitados, isto é, que não possuem boa coordenação motora, os cuidadores deverão realizar a higienização destes, através da escovação com movimentos circulares em todas as faces (os lados) dos dentes.        
Como complementares na escovação temos as pastas dentais. Podemos citar as seguintes pastas dentais: 
a) ANTICÁRIE (tem flúor em sua composição e em longo prazo previne contra as cáries);
b) ANTITÁRTARO com pirofosfato (substância que impede a formação de tártaro, mas não remove o tártaro que já existe);
c) ANTIPLACA com triclosan (um antimicrobiano, e é indicada especial-mente para pessoas com gengivite). No caso dos idosos, o uso da pasta dental anticárie é muito importante, mas deve-se sempre seguir a orientação do dentista para saber qual é recomen-dada.
 Como complementares na escovação temos também os enxaguatórios bucais. Eles são substâncias químicas que atuam nas bactérias presentes na cavidade bucal, sendo utilizados para controle e na redução da formação da placa bacteriana. Os idosos só devem utilizá-los de acordo com a prescrição feita pelo dentista, e que deve orientar quanto à forma e tempo de uso no seu caso em particular.
 Para a grande maioria dos idosos dentados os bochechos à base de flúor são os mais indicados, e cada empresa possui um tipo de produto com uma determinada concentração (na maioria com mais de 200 PPM de flúor). Os idosos dentados devem, após uma higienização correta dos dentes, utilizá-los uma vez por dia, antes de dormir. E desta forma, já será o suficiente para proteger as raízes expostas dos dentes.
 Os enxaguatórios realizam uma função importante para idosos com problemas motores, no caso daqueles com Mal de Parkinson e doença de Alzheimer, e então não conseguem fazer uma escovação adequada, sendo aí usados aqueles à base de Gluconato de Clorhexidina após cada limpeza dos dentes. Nos ambientes hospitalares (UTIs), é imprescindível que um parente (ou cuidador) leve para a enfermagem este tipo de medicamento, pois normal-mente não estão disponíveis nestas entidades.
 Vale lembrar que o uso contínuo dos enxaguatórios é contra-indicado para idosos que não sejam capazes de utilizar o medicamento sem acompanhamento (cuidador), pois existe o perigo de deglutição.

Mas é importante enfatizar que o uso dos enxaguatórios bucais deve ser racional, ou seja, indicado somente nos casos recomendados pelo dentista.


Por Marco Tulio Pettinato Pereira e 
Fernando Luiz Brunetti Montenegro




www.odontologiaveratenguan.com.br

Drª Vera Tenguan

CROSP 42.020




Aluno  da Academia perde 

23 kilos!!!


Diogenes Dias, aluno da Academia Equilíbrio eliminou mais de 23 quilos em apenas 3 meses, sem uso de inibidores de apetite, apenas com alimentação saudável e acompanhamento dos nossos profissionais! 

 Quando se fala em perder calorias, logo vêm à cabeça os exercícios aeróbicos. E isso não está errado. Mas existe uma diferença entre gasto calórico e emagrecimento. Uma aula de spinning, por exemplo, queima cerca de 700 calorias, enquanto uma série de 60 minutos de musculação detona umas 400. Até aí, nenhuma novidade. A grande sacada é que, dependendo da intensidade e da maneira que as séries de exercícios são programadas, a musculação pode acelerar a eliminação das gorduras durante o dia todo, e assim emagrecer mais do que os aeróbicos. Parece confuso, mas é simples, garante o professor de Educação Física, Julio Marchetti, de São Paulo: "A musculação, como é realizada pela maioria das pessoas, não emagrece efetivamente. Mas se o programa for feito corretamente, ele ajuda a perder gordura porque acelera o metabolismo", diz. José Maria Santarém, médico fisiatra da USP, confirma a teoria e ainda esclarece o seguinte: uma pessoa que tem músculos mais desenvolvidos, queima mais calorias do que uma outra, que não tem a musculatura desenvolvida. "Cerca de 70% das calorias vão sendo eliminadas durante o dia, mesmo quando o corpo está em repouso. Ou seja: você faz musculação de manhã, por exemplo, e o efeito dura o dia todo, se o seu condicionamento físico for bom", explica o médico. Os exercícios aeróbicos beneficiam a capacidade cardiovascular e queimam os carboidratos ingeridos durante a alimentação. Por isso, depois de uma longa caminhada, é certo que você vai sentir muita fome, pois o combustível que moveu o corpo durante a atividade precisa ser reposto. E a regra é simples: se a quantidade de calorias for igual a que é gasta, a pessoa não perde peso. Se o que comeu for superior ao que queimou, pior ainda, pois aí o indivíduo vai engordar. Em atividades anaeróbicas, ou exercícios com pesos, a substância utilizada para dar energia é a gordura, que é eliminada. Por isso, depois de terminar uma série, a fome não é tão grande. "Há 10 ou 20 anos, acreditava-se que apenas os exercícios aeróbicos emagreciam. Hoje, está cientificamente comprovado que isso é um engano", argumenta José Maria Santarém.


bibliografia: http://dietaja.uol.com.br/saude-fitness/125/aerobicos-x-musculacao-o-que-emagrece-mais-ha-controversias-31108-1.asp





Poesia

É Verão...

As árvores doam-se em flores,
Anunciando a vida e o brilho,
A leveza dos colibris, das borboletas
E exalando verdes e úmidos perfumes

As águas estão chegando
E querem dizer algo,
Um segredo insinuar,
Uma mensagem silenciosa.

Elas vêm de muito longe,
De pequenos riachos,
Das serras, dos mares
Ou de lagoas de lembranças.

Elas vêm lavar nossas almas
E levam as impurezas embora.
Tiram o limo das pedras dos rios
E também das nossas vidas.

Nas distantes alturas do céu
Nuvens desenham e dançam,
Ficam plenas de umidades
E se despejam sobre a terra.

A terra ressecada esperou emudecida
Velou por dias e noites sem fim
E enfim as chuvas se despejaram,
Amaram as terras sem nada esperar.

O cheiro da terra molhada,
O vento úmido e frio,
O abrigo de uma sombra,
A semente que germina.

É verão, as águas estão chegando,
As almas querem agora voar e passear
Descobrir o mundo a natureza

E perder-se no sem-fim da vida.

Jorge Pessotto
Nascido em São José dos Campos, é professor estadual de história. 
Uma vez ou outra aparecem-lhe lampejos que se transformam em versos.



Música

Mandou Bem

Tom: A#  ( acordes na forma do tom A )
 Capotraste na 1ª casa  Intro: 2x(F#m D E)


Jota Quest


        F#m D E
uh uh uh 2x

-={ PARTE 1 }=-

    D                 E
 você mandou bem, cuidou de mim foi forte sim
     D              E
 me fez entender o lado bom, o bom do amor
        D          E
 o que aconteceu ficou no ar eu vou juntar
      D             E
 meu nome com o teu   [hã! hã!] {com o teu}

  D                              E
você chegou que nem água pra sede
    D                        E
 me desejou que foi tudo de vez
   D                       E
 é novidade que tal passar bem
  D                      F#
 e no final é só eu e você

-={ REFRÃO }=-

                 F#m D               E
eu tô pensando agora,   a gente no futuro
                 F#m D               E
 se amando toda hora,   e caminhando juntos
                 F#m D               E
 eu tô pensando agora,  a gente no futuro
                 F#m D               E                      E
 se amando toda hora,   [e caminhando juntos]   
 {e caminhando, e caminhando}

-={ REPETE PARTE 1 }=-

-={ REPETE REFRÃO }=-


Receita Culinária












Bolinho de Batata com Queijo

Ingredientes:

½ kg de batatas descascadas
2 colheres de sopa de queijo ralado bem cheias
1 colher de sopa de amido de milho
1 ovo

Sal a gosto

Modo de preparo:

 Cozinhe as batatas em água e sal, escorra e passe imediatamente pelo espremedor
 Em seguida, acrescente o amido de milho, o queijo, o ovo e acerte o sal.
 Misture bem.
 Deixe esfriar o suficiente para por as mãos e faça pequenas bolinhas arrumando em uma travessa.
 Leve à geladeira por no mínimo 2 horas.
 Frite aos poucos em bastante óleo quente, retire e coloque sobre papel toalha.


Bicho de Estimação

TOSA VERÃO



Fluck, feliz com sua tosa verão...

Verão: tosar ou não?

 Se para nós o calor já é difícil de suportar, para nossos pets a situação não é diferente. Para eles, pode até ser pior, pois não conseguem falar o quanto estão desconfortáveis com uma determinada situação.
 Por isso, fica a dúvida: no verão, devemos tosar ou não o nosso pet?
 Os problemas já começam para aqueles cães chamados de bráquio-cefálicos, ou seja, com focinho curto. Isso porque eles têm mais dificuldade de trocar o calor pela expiração, sofrendo mais com temperatura e umidade elevadas.  Entre as raças com predisposição estão: bulldog, lhasa-apso, pequinês, pug, shihttzu, entre outras.
 Se seu cão tiver a pelagem longa o problema pode ser ainda maior no verão, fique atento a alguns sintomas:
· Aumento brusco da ansiedade do animal,
· Batimentos cardíacos acima do normal,
· Animal inquieto ou muito triste,
· Respiração ofegante,

 
Mas e aí, deixar o cachorro peludão ou tosá-lo no verão? É muito claro aos nossos olhos que um cachorro de pelagem longa no verão, quase sempre, está com a língua de fora e deitado no piso. Por isso, tosá-lo é uma dica para o verão, os cães até ficam mais felizes, com uma nova disposição para brincadeiras e passeios. A tosa também facilita muito a visualização de pulgas e carrapatos.





Alerta